Emoções & Sentimentos


NELSON CAVAQUINHO

28/09/2015 14:33

Nelson Antônio da Silva ou simplesmente, Nelson Cavaquinho nascido em 29 de outubro de 1911 e seu falecimento foi em 18 de fevereiro de 1986.  Cantor e compositor carioca iniciou na música aos 12 anos tocando cavaquinho, motivo pelo qual herdou o apelido que o acompanharia durante toda a vida.

“Tire o seu sorriso do caminho/ Que eu quero passar com a minha dor/ Hoje pra você eu sou espinho/ Espinho não machuca a flor (...)"

Deixou um legado de mais de quatrocentas composições, difícil destacar a melhor, as minhas preferidas são: “A flor e o espinho - Juízo final  - Quando eu me chamar saudade Folhas secas.

“Quando o tempo avisar/ Que não posso mais cantar/ Sei que vou sentir saudade/ Ao lado do meu violão/ Da minha mocidade(...)”

 

Sambista autentico parceiro de samba e prosa (mais de prosa que de samba) de Carlos Cachaça e Cartola, porém a maioria de suas letras foi feitas em parceria com Guilherme de Brito e Alcides Caminha. Embora frequentador do morro da Mangueira não fez muitas parcerias com Cartola, o motivo: Eventualmente, em períodos de dificuldade, Nelson  "vendia" parcerias de sambas que compunha sozinho, o que fez com que Cartola optasse por abandonar a parceria e manter a amizade.

"depois que eu me chamar saudade/ não preciso de vaidade/ quero preces e nada mais (...)”.

Após os seus 50 anos casou-se com Durvalina, trinta anos mais jovem, que seria sua companheira até seus últimos dias. Morreu em de 18 de fevereiro de 1986, vítima de um enfisema pulmonar.

 

 

—————

Voltar