Emoções & Sentimentos


A Mulher do Fim do Mundo

28/09/2016 00:00

Elza da Conceição Soares Rio de Janeiro 23 de junho de 1937.

Menina do Planeta Fome, Rainha do Samba, Cantora do Milênio ou Mulher do fim do Mundo, qualquer dessas frases serviriam como título para essa matéria.  

 

Uma mulher negra de luta e raça. Venceu o preconceito. Saiu da Favela da Moça Bonita para conquistar o mundo. 

No ano de 1953, com treze anos - desarrumada e mal vestida -, apresenta-se no programa "Calouros em Desfile", comandado por Ary Barroso, interpreta a música "Lama" de Paulo Marques e Alice Chaves.

Ridicularizada pela plateia, deixou Ary Barroso boquiaberto.

 

 

"- Aproxime-se.
- O que você veio fazer aqui?

 

- Ué, eu vim cantar. 
- Mas quem disse a você que você canta?

- Eu! 

- Diga-me uma coisa: de que planeta você veio?

- Eu vim do mesmo planeta de onde o senhor veio seu Ary. Planeta-fome."

 

Autoconfiante soltou sua voz inconfundível, única, afinação perfeira, efeitos e scats que ninguém jamais tinha ouvido. No  final, o mesmo público que riu tanto dela, a aplaudiu emocionado. Ela, chorando - abraçada com Ary, que também estava muito emocionado -, disse:

                                "- Senhoras e senhores, nesse exato momento acaba de nascer uma estrela."

Daí por diante, a Rainha do Samba, apesar das agruras sofridas, emplacou inúmeras músicas no topo das listas de sucesso: Se acaso você chegasse - Boato - Cadeira Vazia - Só danço Samba - Mulata Assanhada - Malandro - Aquarela Brasileira.

Em 1999, a Rádio BBC de Londres, cria o projeto "The Millennium Concerts" para comemorar a chegada do ano 2000. Nele Elza Soares é eleita como “a melhor cantora do milênio” e descrita pela revista internacional Time Out como “uma mistura explosiva de Tina Turner e Celia Cruz”.

Em outubro de 2015, aos 78 anos, Elza lança o seu trigésimo quarto álbum de estúdio, entitulado;  A Mulher do Fim do Mundo - primeiro álbum de músicas inéditas e  que reflete toda a sua magnitude, melancolia, sofrimento e liberdade.

Aplausos  e reverências a esse ícone da música e da cultura brasileira Elza Soares!

 

Web-rádio Discoteca do Nelsão

 

—————

Voltar